25.8.17

Texto fotográfico, II de VII

Sou católico. Fui batizado há pouco tempo. Conheci de perto outras religiões e cheguei a frequentá-las. Todas com o mesmo núcleo: respeito, caridade, oração, empatia, união social.
Não gosto da espécie de rixa entre alguns seguidores. A religião "x" é melhor por isso ou aquilo. Não. Todas possuem seu valor. E, já pensei em seguir um pouco de cada, mas hoje sei que é melhor a fidelidade a uma só.
A religiosidade, aliás, é ainda mais valiosa. Já disse Jesus que mais importante que a manifestação externa é a interna. Os preceitos bíblicos não dependem de uma Igreja, dos homens para aderirem a você. A ligação com Deus é direta. O espaço litúrgico, sim, ajuda nessa conexão, porém, não a substitui. Sempre dependerá da sua fé, afinal. E, acredite, vale a pena essa intimidade. Esteja aberto. Leia a Bíblia ou outros livros de religiões sérias (você as reconhecerá). Frequente os locais religiosos. Conviva com as pessoas envolvidas.
Reze. Creia. Peça. Trabalhe. Viva em paz. Parece simples e, acredito, é mesmo.


Um comentário:

Ou: pi_cap@hotmail.com

Obrigado.